Jovem é preso e adolescente apreendido depois de assalto a mercadinhos em Pariconha

PrincipalUma ação das polícias Civil e Militar, integrantes da 24ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP), resultou na prisão de um jovem e na apreensão de um adolescente, na tarde desta quarta-feira (10), por volta das 16h, em Pariconha. Niwton Santos Bueno, 22, e o menor de idade de 17 anos são acusados de roubo.

Segundo o chefe de operações do 33º Distrito Policial (DP), Zé Lobinho, os dois acusados tinham acabado de assaltar o mercadinho de um irmão de um policial, localizado no centro da cidade, quando foram detidos. A prisão foi efetuada por uma guarnição do Grupamento de Polícia Militar (GPM) do município, comandada pelo cabo Assis.

Niwton e o adolescente foram encontrados no povoado Capim, com uma motoneta Shineray, de cor preta. Com eles os policiais apreenderam a quantia em dinheiro no valor de R$ 137,85 que seria proveniente do assalto.

Os dois foram levados para a sede do 33º-DP, onde foi descoberto que os mesmos também eram responsáveis por outro assalto a mercadinho que tinha acontecido no povoado Campinhos, durante a manhã do mesmo dia. Na ocasião, os acusados teriam chegado em um moto Honda CG, de cor preta e placa não anotada, rendido o proprietário do estabelecimento e roubado R$ 150,00.

O menor de idade confessou participação na investida. Ele disse que pediu a moto da mãe para ir comprar remédios e ao invés disso se junto com Niwton para assaltar o mercadinho do povoado. O mesmo detalhou que estava conduzindo o veículo, no momento em que o comparsa que estava na garupa entrou no estabelecimento e com uma das mãos por dentro do casado, simulando está armado, anunciou o assalto.

Sobre o roubo no mercadinho do irmão de um policial, o menor também assumiu a participação, alegando que para isso usou a motoneta de um primo, com quem tinha pego emprestado, dizendo que era para tirar xérox de alguns documentos. Ele disse que em todas as ações Niwton usou um simulacro de arma de fogo para cometer os crimes.

O adolescente disse ainda que Niwton reside no estado de São Paulo, mas há pelo menos um mês está no povoado Capim para visitar familiares. Conforme o menor, desde que chegou, o jovem tem lhe convidado muitas vezes para praticar delitos no município.

Depois de serem ouvidos, os dois acusados foram levados para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada em Delmiro Gouveia, onde ficaram à disposição da Justiça.

Os trabalhos policiais foram acompanhados pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª-DRP, e tenente-coronel Joaz Fontes, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Os dois são coordenadores da 24ª-AISP.

Por Minuto Sertão

28e354c3c763e2f175ebfdf02c8295b7

14340622131033

NOSSOS PATROCINADORES:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *