Funcionária do CRAS é assassinada com cinco tiros em um bar de Alagoas

0
254

crasmortUm homem que usava capacete e que conduzia uma motocicleta POP, cuja cor e placa não foram anotadas, matou por volta das 19:40 horas de sexta feira (19), com cinco tiros de pistola, a funcionária do CRAS da cidade Branquinha (AL) identificada como Sarah Monteiro da Silva, de 29 anos de idade, casada, mãe de dois filhos, residente na Rua São Sebastião no centro daquela cidade.

De acordo com o GPM do 2º BPM que atendeu a ocorrência, consta que a mulher bebia em um bar na principal via de acesso da cidade, conhecido como Bar da Tati’ ou ‘Bar dos Amigos’, em companhia de um homem não identificado, quando chegou o assassino em uma motocicleta e, sem falar nada, desferiu os tiros praticamente a queima roupa em Sarah que morreu no local antes mesmo de receber assistência médica.

O delegado de Murici Igor Diego, que responde pela distrital de Branquinha, disse que vai investigar a participação do companheiro de Sarah no crime, pois, segundo os levantamentos da PM, ele seguiu na motocicleta com o assassino. A investigação também vai identificar o companheiro de bebida da mulher.

Segundo internautas, a vitima era pessoa bastante conhecida e querida na cidade.

Por Tribuna da Uniao

LEAVE A REPLY