Após polêmica, vereadores aprovam reajuste salarial dos servidores públicos de Inhapi.

0
176

20150701_101634 (1)Depois de toda a polêmica gerada pelo não comparecimento dos vereadores do município de Inhapi a sessão da ultima terça-feira 30/06 na qual seria apreciado o reajuste salarial dos professores e do pessoal do setor administrativo, concedido pelo prefeito Zé Cícero em acordo firmado com o Sindicato da categoria. O projeto de lei que reajusta em 10% e 05% respectivamente o salários dos servidores, finalmente foi aprovado por unanimidade entre os edis nesta quarta-feira 01/07 em sessão extraordinária convocada pelo presidente da casa.

A sessão contou com a presença de dezenas de servidores municipais que foram até a Câmara pressionar os vereadores pela aprovação do projeto.

Embora não tenha havido oradores para falar contra o projeto, alguns vereadores fizeram questão de fazer uso da palavra na tentativa de explicar o porque de não terem comparecido a sessão anterior, com destaque ao vereador Walter de Elias que disse ter sido vítima de calúnia por parte da equipe de redação do blog Central do Sertão que segundo ele teria chamado os vereadores de “covardes” o que no seu entendimento se tratou de uma ofensa, visto que a Câmara já havia entrado em recesso, não sendo possível a realização de nenhuma sessão durante o período, exceto por convocação extraordinária do presidente da Câmara, conforme preconiza o regimento interno da casa. Ainda segundo o edil, o mesmo não compareceu justamente por isso, ou seja, porque não teria havido qualquer convocatória por parte do presidente. Mas não parou por ai, o vereador ainda criticou a atitude do Chefe do Poder Executivo Local de encaminhar os projetos de lei sem prazo para apreciação, encaminhando-os de um dia para o outro.

Já para o vereador Marcio de Adelmo que também fez uso da palavra, a critica do colega de parlamento não se aplica a regra da casa, visto que segundo o edil, quando o projeto é de interesse dos próprios vereadores ninguém pede vista ou se incomoda com prazo algum.

Debates a parte, o projeto foi aprovado para alegria dos servidores, contudo, o blog Central do Sertão faz questão de esclarecer que em momento algum se referiu aos vereadores como covardes, mas sim, definiu com um ato de “covardia” dos mesmos em não terem comparecido a sessão para apreciação do projeto, o que são conjecturas completamente diferentes. Ao mesmo tempo reforçamos o direito constitucional de qualquer cidadão de exercer sua plena liberdade de expressão expressa no artigo 5º da Constituição Federal, bem como o direito de reivindicar junto as autoridades políticas constituídas o cumprimento de suas obrigações para qual foram eleitos.

Por Central do Sertao

LEAVE A REPLY