ASA do Inhapiense Mazinho segura o CSA no 1º clássico da semifinal, empata e mantém vantagem

A cidade de Inhapi parou para acompanhar nesta quarta, (19), o jogo entre ASA x CSA pelo campeonato alagoano, o motivo é que jogando com a camisa 5 pelo time alvinegro está o jovem Mazinho Santana, natural da cidade de Inhapi, se torna espelho para os jovens que sonham em crescer no mundo do futebol.

A partida foi televisionada pelo Canal Esporte Interativo em rede nacional, Mazinho também apareceu na foto de capa do maior jornal de circulação do estado, a Gazeta de Alagoas nesta quinta, (20), ele fez o gol da vitória no último jogo ASA x Murici.

Gols no primeiro tempo

O CSA foi melhor no primeiro tempo, mas não levou. Teve mais posse de bola, criou mais chances, mas não foi para o intervalo na frente. O Azulão abriu o placar logo no primeiro minuto. Celsinho bateu falta pela direita, a defesa do ASA cochilou na marcação, deu espaço, e Thales concluiu de perna direita, entre o goleiro e a trave.

O CSA ganhou moral e passou a controlar a partida. Também ganhava mais as divididas. O ASA guardou posição e suportou o tranco. O Azulão ainda criou duas chances, com Vanger, num chute perigoso, e Thales, que cabeceou no canto e viu Douglas salvar em cima da linha. Aos 40 minutos, o empate. A defesa do CSA cortou mal um cruzamento, para frente da área, e Juninho fez um golaço. Matou no peito e acertou um chute improvável: Mota nem viu a bola passar.

Segundo tempo é amarrado

O CSA mudou na segunda etapa: saiu Vanger e entrou Daniel Costa. Não funcionou, e o ASA teve mais facilidades para segurar a partida. Soube também enervar o adversário. Aos 14, o zagueiro Eron bateu falta de longe, no ângulo, e Mota fez uma bela defesa, espalmando para fora. Teve resposta do Azulão. Everton Heleno recebeu na área, virou e finalizou com violência: Cetin salvou o ASA.

O jogo ficou mais amarrado na reta final, o CSA até tentou pressionar, mas ficou na marcação do ASA, que não achou ruim o empate no Rei Pelé.

Por Inhapi em Foco

NOSSOS PATROCINADORES:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *