Fevereiro e abril foram os meses em que mais pessoas morreram assassinadas no Sertão de AL

0
626

Os meses em que mais famílias lamentaram a perda de parentes por causas violentas no Sertão de Alagoas, durante o primeiro semestre deste ano, foram fevereiro e abril. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), ocorreram na região, em cada um desses meses, 16 assassinatos.

Por outro lado, o mês com menos homicídios foi junho, com 7 mortes. Os principais instrumentos utilizados nos crimes violentos e letais registrados pela SSP são arma de fogo, arma branca (facas e similares) e espancamento.

No mês de fevereiro, ocorreram assassinatos nos seguintes municípios da região sertaneja: Canapi (1), Delmiro Gouveia (3), Inhapi (1), Mata Grande (2), Olho D’água das Flores (1), Pão de Açúcar (2), Piranhas (1), Santana do Ipanema (3) e São José da Tapera (2). O total chega a 16 homicídios.

Já em abril, os 16 assassinatos ocorreram nos seguintes municípios: Canapi (1), Delmiro Gouveia (2), Dois Riachos (1), Major Izidoro (1), Mata Grande (1), Olho D’água das Flores (2), Olivença (2), Pão de Açúcar (1), Piranhas (2), São José da Tapera (3).

Em junho, o mês menos violento da região no primeiro semestre deste ano, os 7 assassinatos ocorreram nos seguintes municípios: Água Branca, Inhapi, Jaramataia, Monteirópolis, Pão de Açúcar, Piranhas e Santana do Ipanema.

Em todo o Sertão de Alagoas, nos seis primeiros meses deste ano, foram registrados pela SSP 76 homicídios. O município mais violento foi Pão de Açúcar, com 10 mortes.

Por Correio Notícia

LEAVE A REPLY